sábado, 24 de junho de 2017

A minha lista de músicas

 

Olá grandes sonhadore/as!
Tenho andado muito viciada numas músicas que provalvelmente devem ser as vossas favoritas do momento, se não forem espero que passem a ser.

A primeira música que eu escolhi é duma artista com o nome de Alina Baraz.
 Eu já conhecia ela de alguns canais do youtube e sempre que escuto a voz dela tendo a ficar mais calma porque a voz dela é mesmo muito doce.
A música que irei indicar é a Drift.
1- 



A segunda música é da Miley Cirus, não sei o que se passou comigo para ouvir as músicas dela, mas alguma coisa passou-se com a Miley, ela sofreu uma mudança muito radical e foi para melhor porque a outra Miley do "Twerk" era bastante estranha.
Agora voltou toda apaixonada, super leve,muito clean e com uma música muito fofa chamada "Malibu".
2-



A terceira música é destas duas raparigas brasileiras, a Ana e a Vitória que são muito fofas.
Elas escrevem e cantam sobre amor, mas a forma como elas descrevem o amor faz com que as pessoas se sintam mesmo muito bem.
Eu já estava com muita vontade de partilhar algumas músicas delas porque eu tenho a certeza de que vão adorar.
São músicas que deixam mesmo muito feliz e com uma vontade de viver á grande, não pelo amor, mas sim aproveitar a vida.







4- A quarta música é apenas para curtir aproveitar o fim de semana com os amigos, ver o pôr do sol, ir á praia ou fazer uma viagem de carro bem longa.
Para mim esta é a música ideal e o nome é Past Lives (nvmbr Remix) by Borns.



5- As últimas são sempre as melhores e esta é da Rihanna com DJ Khaled, a rihanna está muito sexy e sempre com uma voz incrível.
Ao ouvirem esta música vão perceber que já a conhecem de algum lado e é o instrumental do guitarrista Santana da música" Maria Maria".
Apesar do Dj Khaled não estar a fazer nada no videoclip a não ser gritar o seu nome e dizer "We are the best Music",  a Rhianna dominou toda a música e como sempre com a sua ousadia de mostrar cada vez mais os mamilos do que já estamos habituados a ver.
O nome da música é Wild Thoughts.









quarta-feira, 21 de junho de 2017

Visões,desejos e sabores

 
A tua imagem perfeita seria eu vestida com uma Lingerie vermelha com umas meias até aos joelhos mostrando que eu sou uma mulher para além das curvas.
Seria a imagem perfeita de nós os dois deitados no sofá trocando carícias e propósitos promíscuos.
Estou pronta para sentir-te, a tesão que existe é fenomenal, e é daquela que não faz mal a ninguém.
Irei deixar-te agarrares em mim como se vivêssemos apenas para aquele dia e aquele beijo tentador.
Já foram muitas vezes que estivemos sozinhos tão perto do olhar um do outro e não curamos essa ferida no peito que cicatriza com o nosso calor.
Neste momento, não sei o que sentir, mas eu quero perder-me e poder arrepender-me de não ter feito mais, não ter aproveitado.
Quero morrer feliz por ter provado cada pedaço teu.
Apesar de saber que sou uma diversão para ti parece que isso dá-me mais pica para descobrir até onde podemos ir.
O nosso sexo é animal e o melhor de todos.
O nosso sexo grita bem alto a palavra "foda".
Tentamos enganar-nos dizendo que fazemos amor, mas na verdade todos nós fodemos e gostamos.
É bom e prazeroso, eu e tu vivemos disso da sede de suarmos juntos.
De falar o que não falamos perto dos outros.
De elogiar como se fosse um segredo.
De desejar com a mente suja.
De suarmos com o coração e tornar-nos tão viciados que em qualquer lugar iria tornar-se inquietante estar do teu lado.


Imagem retirada do Tumblr

sábado, 17 de junho de 2017

Saber agradecer as boas coisas que a vida tem para dar- Pequenas histórias #3

 
Olá grandes sonhadores/as!
Já algum tempo não partilho este tipo de posts.
O trabalho e outras coisas na minha vida tem preenchido demais o meu tempo e não tenho estado tão ativa aqui.
Em algum post por aqui no blog eu já falei que estava a trabalhar, mas finalmente assinei contrato e já recebi o primeiro ordenado.
Senti uma emoção muito grande quando fui ao multibanco e vi tanto dinheiro porque não sabia ao certo o que fazer com ele.
Como eu já precisava de comprar roupa nova fiz uns dois sacos pretos de roupa que já não usava e nem servia, e fui colocá-los nos contentores que são mesmo feito para colocarem roupas que já não usamos.
Assim que libertei-me de toda aquela roupa senti-me muito mais leve porque com os anos eu tenho vindo acumular muitas coisas, eu acho que sou mesmo apegada ás coisas.
Só que isso não é nada saudável porque acabo por nunca ter espaço para nada porque basicamente eu usava sempre as mesmas peças de roupa e as outras ficavam mais abandonadas.
Ficava sempre á espera de uma ocasião para usá-las ou mesmo emagrecer e isso deixava-me muito triste porque pensava que não poderia dar utilidade a elas se não emagrecesse.
Porém, fiquei com mais espaço e fiz uma lista das coisas que realmente precisava.
Tentei comprar roupas muito básicas para que desse sempre fazer uma troca com alguma peça de roupa.
Esta ideia veio do Pinterest e olhem que está mesmo a resultar:
 
Esta espécie de cápsula tem mesmo ajudado porque tem ajudado a ver o que realmente preciso na minha vida ou não e quanto menos coisas tiver melhor porque mesmo se quiser fazer mudanças terei de carregar menos coisas.
O facto de estar a trabalhar também deu-me oportunidade de pensar em tirar a carta de condução era algo que tinha mesmo muito medo porque eu não pretendo atropelar ninguém nem ter acidentes.
Tem mesmo de ser porque apartir do momento em que tiver a carta e um carro já posso poupar bastante dinheiro pelo menos com o custo dos transportes que eu tenho para chegar a um determinado sítio.
E também poderei viajar mais vezes pelo nosso país.
Vim contar-vos estas boas fases da minha vida que tem deixado mesmo muito feliz e realizada e espero que tenham gostado!
Beijinhoe!

terça-feira, 13 de junho de 2017

Harmonia duma casa

Hoje acordei e olhei para as fotografias cheias de felicidade, esperança e uma postividade que nunca tinha mais tinha visto em nós.
Levantei, expirei,inspirei e observei bem fundo as cores das paredes.
Eram brancas, mas pareciam negras na minha mente, sem um quadro, sem uma luzinha, sem uma história de amor.
Parecia haver tanto desprezo, tanta cobardia e falta de apreço pelo próximo.
O meu peito doeu bastante até eu desmanchar-me em lágrimas, chorei profundamente enquanto a minha dor comia-me por dentro e não deixava ser mais feliz.
Eu percebi que estava a mais naquela casa parece que um candeeiro tinha mais utilidade do que a minha pessoa.
Ela transmitia um calorzinho no coração aquele aconchego que eu já não recebia.
Eu era aborrecida parecia não servir para mais nada, parecia que aborrecia todas as pessoas á minha volta mesmo sem eu falar talvez só por existir.
Estava no sítio errado...
Empacotei a pouca harmonia que não podia dar a esta casa e procurei por outra.
Quando deram-me a chave dela, ela era fria precisando do quentinho das minhas mãos.
Era mais uma casa, mas essa era diferente porque ela precisava de mim, ela queria que eu estivesse ali por ela, ela não fazia sentir como uma chata porque eu iria conseguir dar-lhe tudo.
Comecei por colocar uns quadros cheios de cor e doçura, espalhei as nossas fotografias, completei toda ela com paz e deixei por lá o meu silêncio.
Tudo o que eu queria era o meu silêncio, queria poder chorar sem sentir que estou a incomodar, queria poder respirar com toda força dos meus pulmões, queria começar algo não sozinha, mas com o meu silêncio.
Queria que alguém precisasse de mim e era esta casa.
Porque para outro alguém teria sido esquecida.
Esquecida do amor, da saudade, da compaixão e da amizade , eu era simplesmente um vulto de tristeza magoado procurando estar no lugar certo.

domingo, 11 de junho de 2017

No amor é merecido dividir o colchão

A lua olha em direcção ao nosso amor e dá-nos forças para levantarmos os pés e voarmos para um lugar desconhecido.
O nosso amor faz-me querer dividir um colchão no céu contigo e fazer o teu braço o meu travesseiro.
Irei continuar a sonhar com vontade de alcançar os teus lábios no meio dessa barba, quero encontrar-me no céu da tua boca e saber os teus segredos.
Sinto um medo bobo de pernoitar no teu coração, fugires e despedaçares todo ele.
Só que quando penso no quanto queria fazer-te perder nas minhas curvas fico querendo que faças o que quiseres de mim, da minha mente e de toda minha sanidade.
O meu coração vive dividido entre o desejo e amor e tu sabes que quero ser mulher de uma cama só e da tua preferência, não quero ficar entre 4 paredes contigo para explorarmos as nossas fantasias, mas sim para amortecermos de vez os medos.
Preciso de sentir-me no céu e viver como se pudesse voar mais uma vez e encostar-me perto do meu amor que és tu.