terça-feira, 23 de maio de 2017

Traz-me esse lado louco

 
Não consigo viver sem o teu calor corporal costumo arranjar sempre uma desculpa para poder tocar-te mais uma vez.
Parece tão perigoso desejar-te e cheirar-te como se fosses a melhor droga do mundo.
Todos os membros do meu corpo foram feitos para viverem encaixados nos teus assim como os meus dedos que trespassam nesse teu cabelo escuro como a noite que nos deixa loucos.
Tento evitar mordendo os lábios e contorcendo os meus pés e os meus braços para que não fale o que não deveria ser proibido.
Sabias que sou louca?
Sim, tu trazes-me esse lado louco que quando estou perto de ti não paro de fantasiar e despir-te só com os meus olhos agora imagina o que faria se continuassemos aqui perto um do outro.
Toda essa adrenalina deixa-me ansiosa, eufórica, tira-me a voz, prende-me os músculos e traz-me um orgasmo doce e sem culpa.
O que será isso?
Não sei, mas é gostoso de mais para não ser vivido, saboreado e celebrado.
Chego a pensar que és demasiado bom para mim, mas eu tenho-te nas minhas mãos e vou aproveitar-me dessa bondade, sugar toda a tua energia e loucura para mim e magoar-te primeiro.
Porque assim deve ser e assim eu quero.
Queria que parasses de roubar sorrisos sem precisarmos de falar e guardares contigo apenas queria que pudêssemos partilha-los um com o outro.
Com este sentimento malandro e bonito fizeste renascer todos os meus demónios e esta noite eles irão dançar á volta das nossas mentes sujas.


6 comentários: